Informação 14/12/2020

Programa “Edifícios mais Sustentáveis”
esgotou verba de 4,5 Milhões de euros

Já foram submetidas 4.234 candidaturas ao Aviso “Edifícios mais Sustentáveis 2020/2021”, o que previsivelmente esgota a verba de 4,5 milhões de euros, a dotação total para estes apoios.

Atualmente, já foram pagas 890 candidaturas, o que representa um montante de 1,75 milhões de euros.

O Ministério do Ambiente e da Ação Climática informa que, atendendo ao seu sucesso, este programa encerrará no final de dezembro de 2020, garantindo, porém, que todas as candidaturas submetidas até essa data serão apoiadas através do Fundo Ambiental, sendo efetuado um reforço de verba, se necessário.

As candidaturas serão reabertas no início de março de 2021, contando já com montantes provenientes do Plano de Recuperação e Resiliência. As despesas em que tenham incorrido os interessados em concorrer, a partir de 1 de janeiro, serão elegíveis ao abrigo do novo programa, razão pela qual deverão guardar as faturas/recibos relacionadas com essas despesas.

Como é que o Portal da Construção Sustentável pode ajudar?

Os requisitos dos materiais e empresas elegíveis para este apoio, são aquelas que possam contribuir para a eficiência hídrica e energética dos edifícios.

Requisitos específicos para materiais de construção:

  • Janelas eficientes

Etiqueta energética das janelas igual a “A+” (etiqueta CLASSE+).

Encontre aqui as nossas  CAIXILHARIAS  que possuem esta certificação, com o VIDRO adequado.

  • Materiais que promovam a eficiência energética

Marcação CE. Materiais naturais, com inclusão de reciclados, coberturas verdes ou outros que potenciem a poupança energética:

Todos os nossos materiais que contribuem para a eficiência energética dos edifícios, como os ISOLAMENTOS para edifícios, ISOLAMENTO DE INSTALAÇÕES, ou os EQUIPAMENTOS, possuem marcação CE e o rótulo Sustainable Value que lhes atribuí características de sustentabilidade como sendo: materiais naturais; com incorporação de reciclados, que não derivam do petróleo, entre outras características que podem ser consultadas nos nossos princípios, bem como materiais de isolamento com o selo EPD e com classificação A+ para a qualidade do ar;

Pode também consultar aqui os sistemas de COBERTURAS VERDES que recomendamos.

  • Sistemas de aquecimento e/ou arrefecimento ambiente e de produção de águas quentes sanitárias (AQS) que recorram a energia de fonte renovável;

Evidência da marcação CE e a declaração CE de conformidade e etiqueta energética do sistema/equipamento igual ou superior a A+;

Na nossa base de dados de ecoprodutos, nomeadamente em CLIMATIZAÇÃO e em ÁGUAS QUENTES SANITÁRIAS pode encontrar materiais que cumprem estes requisitos;

  • Intervenções que visem a eficiência hídrica: substituição de equipamentos por equipamentos mais eficientes

Certificação ANQIP para todos os equipamentos, com classe de eficiência hídrica igual ou superior a “A”.

Na nossa base de dados de ecoprodutos, nomeadamente em INSTALAÇÕES SANITÁRIAS e em TORNEIRAS E ACESSÓRIOS poderá encontrar os equipamentos que cumprem estes requisitos;

Requisitos específicos para empresas:

As intervenções a nível do isolamento térmico terão de ser executadas por empresas com Alvará de construção e registadas no portal Casa Eficiente (https://casaeficiente2020.pt/). A empresa que faz as intervenções deverá disponibilizar estas evidências ao proprietário da habitação, por forma a poder incluir na candidatura.

No instalação de  bombas de calor, a empresa deve possuir certificado da empresa e técnico(s) para o Manuseamento de Gases Fluorados (apenas nos casos aplicáveis).

Na instalação de sistemas fotovoltaicos, a empresa deverá possuir o certificado do técnico instalador reconhecido pela DGEG para instalação de sistemas solares fotovoltaicos.

Conheça aqui as EMPRESAS que pertencem ao Portal da Construção Sustentável.

Consulte aqui o REGULAMENTO PARA A CANDIDATURA

 

Recent Posts

Start typing and press Enter to search