Sorry, this entry is only available in European Portuguese and European Spanish. For the sake of viewer convenience, the content is shown below in this site default language. You may click one of the links to switch the site language to another available language.

Tipo de construção: Nova

Área de implantação: 400 m²

ABC: 400 m²

Arquitetura: ecotectura atelier

Coordenação: Arq.ª Aline Delgado

Trata-se de um edifício para um jardim-escola, situado num local aprazível, longe do bulício da cidade e onde predomina a vegetação e a paisagem verde. É privilegiada a natureza, tão importante ao desenvolvimento da criança em idade pré-escolar.

A idéia conceptual que se apresenta para este edifício baseia-se num desenho que se desenvolve em “L”, privilegiando a orientação Sul, de forma a que os locais de maior actividade e de maior taxa de ocupação diária usufruam desta exposição para que dela tirem partido, não só por razões climatéricas mas também por questões de salubridade.

A implantação do edifício foi assim pensada de acordo com o seu comportamento térmico, para minimização do consumo de energia. Os vãos a Norte foram reduzidos a uma entrada de serviço para a cozinha e uma janela de gabinete para as educadoras receberem, pontualmente, os pais.

Todo o restante alçado é enterrado a confrontar directamente com o socalco existente, com um desnível de aproximadamente 3m. É assim optimizada a construção no que se refere ao seu comportamento térmico.

Os vãos foram dimensionados em conjunto com a especialidade térmica, para se obter um edifício eficiente no que se refere a consumo de energia para climatização, o que resultou em maiores aberturas a Sul e poucas aberturas a Norte.

Para além de previstas protecções exteriores em todos os vãos, foi desenhada uma pala de sombreamento a Sul, onde se encontram as salas de actividades e o polivalente, que permita a entrada dos raios solares na estação de Inverno, para aquecimento, e que os impeça de penetrar o interior, naturalmente, na estação de Verão.

A caixilharia adoptada é em alumínio com ruptura térmica e vidro duplo. A solução de parede exterior é uma parede dupla com o isolamento pelo lado exterior da alvenaria, em aglomerado negro de cortiça que fica à vista, por ser um material de origem renovável, nacional e com grande potencialidade de reutilização/reciclagem.

Em complemento, foi utilizada madeira certificada em alguns pontos da fachada. A cobertura é ajardinada, onde se localizam os painéis solares térmicos, de acordo com o regulamento aplicável.

A etiqueta de eficiência energética, na fase de projecto, é A+.

VER IMAGENS

VISITE-NOS EM www.ecotectura.com.pt

Recent Posts

Start typing and press Enter to search